Noite prestigiada em BH

29 de março de 2015


O diretor da CR-Nova, Cesar Romero, estava entre os convidados do advogado Décio Freire - que comanda um dos mais importantes escritórios do Brasil - na prestigiada homenagem à ministra do STJ, Assusete Magalhães, na Casa Bernardi, em Belo Horizonte.
Em sua saudação, Décio afirmou que a ministra Assusete "é um exemplo vivo da frase de Benjamin Franklin - O bem feito é melhor que o bem falado - pois trabalha muito e em silêncio, no melhor estilo mineiro".
Após receber o Prêmio Aqueles que fazem por Minas e pelo Brasil, entregue pelo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Pedro Bitencourt, a ministra relembrou o tempo em que deixou a cidade do Serro para estudar em Belo Horizonte, onde iniciou sua vitoriosa carreira na magistratura. Sobre o árduo trabalho no STJ, ela fez questão de destacar que ao ser criado, em 1989, o Supremo tinha seis mil processos e hoje somam 387 mil.

Na foto, Cesar Romero com o vice-governador Antônio Andrade, o empresário Jovino Campos, ministra Assusete Magalhães, desembargador Pedro Bitencourt e o advogado Décio Freire